A proposta de valor para marcas próprias no Futebol

Como podemos entender proposta de valor:

Como a marca faz existir os benefícios funcionais, emocionais e diferenciais competitivos a partir dos seus produtos e serviços a diante dos seus torcedores/consumidores. Assim, criando valor ao consumidor final. Através disso, a marca consegue se fortalecer no mercado e perante sua torcida. E mostrando ao público-alvo que ela é o empreendimento ideal para resolver o problema dele. Isso traz diferenciação, e se torna crucial para atrair e fidelizar novos clientes.

Exemplos:

  • Preços Baixos/Competitivos
  • Mais opções de Produtos
  • Bom Atendimento On/Offline
  • Boa Durabilidade dos produtos
  • Boa Distribuição dos produtos em lojas oficiais dos clubes

Ok, mas o que seria esse tal “valor”?

É a diferença entre os benefícios oferecidos pela marca e os custos percebidos pelo cliente do seu produto/serviço. Quando isso encaixa e o desempenho é satisfatório, o cliente cria uma boa percepção e gera um valor agregado.

É essencial conhecer o público-alvo, entender as necessidades deles e suas dores, desejos e etc. Ajuda muito também avaliar dados demográficos como a idade, gênero, faixa salarial pra ter uma visão geral de quem são as pessoas interessadas nesse produto.

Quem é a persona? quem é o consumidor ideal? existe mais de um?

 

Qual é o diferencial da marca própria? Pergunta difícil. Quais são as características do seu serviço? Por que o torcedor deve comprar na loja oficial ao invés do concorrente no varejo?

A resposta obtida, já dá pra criar a proposta de valor.

 

Exemplos de proposta de valor

1. Desempenho

Focar em uma boa qualidade no desempenho dos serviços e produtos. Pode ser legal.

2. Busca por Novidades

Quando a marca oferece algo inédito ao torcedor ao criar um produto ou serviço pode ser muito bom,  ou até mesmo quando realiza uma melhoria incremental a algum linha que já existe.

3. Personalização

Significa mesmo oferecer diferentes opções para os torcedores.

4. Design

Se o seu foco é a qualidade e beleza do design dos produtos, sua proposta de valor pode ser embasada nesse pilar.

Afinal, a estética dos produtos é um fator decisório na compra e ajuda a melhorar a experiência do consumidor.

5. Preço

Eu acredito que não existe nada de errado em ter o preço como um dos pilares para atrair torcedores.

Afinal de contas, isso não significa que a marca oferece um produto ou serviço ruim.

Texto curtinho, porém se aplicadas essas dicas podem trazer bons resultados a marca do seu clube.

Qualquer coisa, me chama nas redes sociais. Vamos conversar mais =)

 

Designer da Cobra Coral, marca própria do Santa Cruz FC Pós Graduado MBA em Branding e Design Estratégico. Atleta e Filho de Deus.

Deixar um comentário